“Deus iniciou o impeachment”, diz Janaína Paschoal

Brasília – “Foi Deus que fez que, ao mesmo tempo, várias pessoas ‘percebessem’ o que estava acontecendo no país e se organizassem para iniciar o processo do impeachment”, afirma a advogada da acusação, Janaína Paschoal. Ela é a primeira a falar na sessão de debate entre advogados e discursos de senadores, nesta terça-feira (30).

Ela disse, ainda, que ninguém pode ser perseguido por ser mulher, mas que “ninguém pode ser protegido por ser mulher”, e que teria feito a mesma coisa se a presidente fosse um homem.

Durante seu interrogatório, na segunda-feira (29), Dilma afirmou que o processo teria um “componente” de preconceito contra mulheres.

3 comentários em ““Deus iniciou o impeachment”, diz Janaína Paschoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
4 × 15 =