Dono de joalheria é morto com tiro na cabeça durante assalto no centro de Manaus

Manaus – Um homem de 42 anos foi baleado e morreu durante um assalto a uma joalheria, no centro de Manaus. Segundo a Polícia Militar (PM), Niquison dos Santos Melo,  era o dono do estabelecimento, que funcionava há 10 anos na região.

O crime aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira (14), na Rua Henrique Martins. Dois homens armados invadiram a joalheria e tentaram render o dono, que teria reagido ao assalto. Foram disparados dois tiros que acertaram a vítima na cabeça. Ele morreu antes de receber socorro. Após o crime, os suspeitos fugiram  do local em um carro modelo Gol, prata que estava estacionada a um quarteirão da joalheria. A dupla ainda não foi localizada. Eles levaram joias e dinheiro do estabelecimento.

Vizinhos disseram que assaltos são frequentes na região e que a vítima já tinha tentado reagir em outras ocasiões. Segundo testemunhas no momento em que os suspeitos estavam assaltando, um cliente entrou na loja e também foi rendido.

A PM informou que  a dupla ainda tentou atirar contra a cabeça da testemunha, mas o disparo falhou. A perícia esteve no local.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
5 + 2 =