Em Manaus, médico tenta reconciliação e espanca ex-mulher após festa em flutuante no Rio Negro

Manaus – Com diversos hematomas pelo rosto e corpo, a jovem fez um desabafo nas redes sociais para denunciar o relacionamento abusivo e a violência física e psicológica ao qual foi vitimada.

Segundo informações do boletim de ocorrência registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), o casal havia tentado uma reconciliação durante uma confraternização e o médico em um dado momento teria tido uma crise ciúmes após a vítima demorar a retornar do banheiro e começou a bater na ex-companheiro com socos, chutes, puxões de cabelo, até que a colocou dentro de uma embarcação onde as agressões continuaram ao chega em Manaus a vítima foi colocada dentro do veículo e jogada na frente da casa da mãe onde ficou desacordada devido a queda. Depois de recuperar os sentidos, a vítima foi à guarita pelos familiares.

Foto: reprodução Facebook

Em entrevista concedida ao Portal Amazonas News, a universitária relatou que o ex-companheiro tentou outra reconciliação neste domingo (17).

Foto: reprodução


Foto: reprodução

Em um dos trechos da entrevista a jovem chega a relatar que o ex-companheiro luta contra a dependência química a alguns anos. Sendo esses um dos motivos de ter se separado do médico.

Outra versão

O médico relatou, que não bateu na ex-mulher em momento algum e que apenas se defendeu das agressões, tendo, inclusive, ter sido arranhado por ela. Gustavo Machado afirmou, ainda, que a jovem estava alterada em razão do excesso de bebida alcoólica que teria consumido durante a festa.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
3 × 14 =