Em meio a lágrimas, Manaus perde nos pênaltis para o Brusque na Arena da Amazônia

Manaus – Iguais no futebol, iguais na Arena da Amazônia. Manaus Futebol Clube e Brusque fizeram duelos pareados em praticamente todos os sentidos neste domingo (18). Seja na tática, na intensidade ou no placar empatado em 2 a 2, com a decisão que só poderia ser nos pênaltis. E na marca, melhor para o time sulista, que errou menos e se tornou campeão da Série D do Campeonato Brasileiro 2019.

Números dos clubes
(Foto: Arte / Jornal de Santa Catarina
)

O jogo conseguiu levar 44.896 torcedores a Arena da Amazônia que obteve uma renda de R$ 1.192.010,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
21 − 9 =