Equipe de reportagem flagra momento exato de assalto no Bairro Dom Pedro

Manaus – Na tarde desta quarta-feira (08), a reportagem do Jornal Acrítica  flagrou o momento em que dois homens , em uma motocicleta, furtam  o celular de um jovem, de 20 anos, no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. O fato ocorreu na rua Bartolomeu Buenos, próximo à Escola Estadual Petrônio Portela. Celulares têm sido o alvo preferido de criminosos no bairro e moradores relatam o terrorismo que a bandidagem tem causado na área.

Foto: Jander Robson.

A mãe do jovem, uma senhora idosa, informou que o bairro está muito perigoso e que os assaltos são frequentes. “Moro aqui há 35 anos. Está difícil. Todo dia ouço morador dizendo que foi roubado na rua ou em sua casa”, relatou.

Foto: Jander Robson

Uma professora de 66 anos relembrou que, certo dia, estava em um ponto de ônibus no bairro quando dois homens em uma moto passaram e um deles, armado com uma faca, puxou seu cordão de ouro. Sua filha, uma analista de planejamento de 38 anos, também foi alvo dos criminosos.

Segundo ela, o modo de operação nos furtos é sempre o mesmo: dois homens ou um casal em motocicleta. “Aqui é normal. Eles vêm armados mesmo. Me levaram tudo: celular, bolsa”, contou. A recém formada em turismo, Narell Dutra, 22, relembrou que no último domingo foi furtada por um homem e uma mulher em uma moto. “Estava caminhando na rua Bartolomeu, quando esse cara pediu informação e me roubou. Em seguida, a moça na moto pegou ele e fugiu”, relatou Narell. Ela teve o celular, cartões e dinheiro roubados em plena luz do dia.

Moto roubada e identificada
Após o flagrante do furto no bairro Dom Pedro, o chefe de investigação do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Écio Olímpio, iniciou as buscas para identificar os suspeitos dos furtos cometidos no bairro. De acordo com o policial civil, algumas denúncias de furto e roubo na área têm chegado ao conhecimento da delegacia e que as investigações estão em andamento desde então.

Ontem, o investigador descobriu a placa verdadeira usada no assalto ao jovem de 20 anos. “Eles estavam em uma moto, CG preta, de placa fria OAD 5841, mas descobrimos que a placa verdadeira é OAC 5941, que foi furtada no dia 1º março no Santa Etelvina. Inclusive os criminosos estavam com o capacete vermelho da vítima quando efetuaram o furto contra esse jovem. Agora vamos em busca dessa motocicleta para, enfim, chegar aos dois suspeitos desse e de outros crimes no bairro”, disse. Com informações Portal Acrítica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 − 23 =