Estudantes de enfermagem fazem piada com portadores do vírus HIV e causam revolta na internet

Manaus – Mais de trinta anos se passaram desde o início do combate à Aids, em 1985. Mas, apesar disso, as pessoas que vivem com o vírus HIV ainda sofrem com o preconceito —  às vezes, vindo de futuros profissionais da área de saúde.

Na última sexta-feira (16), três estudantes de enfermagem da Uninorte se envolveram em uma polêmica, após publicarem uma foto em uma rede social, mostrando preconceito e desrespeitando os portadores do vírus HIV/AIDS que são tratados na Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste da capital.

Com os rostos cobertos a frase na imagem dizia: “Quando você descobre que o estágio é no Tropical”. A publicação gerou revolta de internautas. “Pessoas assim deveriam rever suas escolhas profissionais”, disse um internauta. “Enfermagem e uma das profissões mais lindas que existem na área da saúde, mas por pessoas que não sei porque ainda tem essa mentalidade, que deveriam aprender a acolher e cuidar dos pacientes, geram mais preconceito e discriminação”, opinou outro.

Flora Capelo, publicou a foto ao lado de seus amigos Matheus Felix e Alice Nascimento com a legenda “Quando você descobre que o estágio é no Tropical’. Todos estavam com a toca para cobrir o rosto, além da máscara hospitalar.

Uma as autoras da publicação já foi candidata a Miss em um município do Amazonas.

Em nota a faculdade Uninorte lamentou o ocorrido e salientou que medidas serão tomadas conforme o regimento Geral da Instituição.

Nota na íntegra

Sobre o episódio lamentável envolvendo a postagem de alunos, em perfil pessoal, de forma ofensiva à Fundação de Medicina Tropical Dr Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), a UniNorte vem a público esclarecer que repudia veementemente qualquer manifestação discriminatória e preconceituosa dirigida a pessoas ou instituições.

Atitudes como essas serão apuradas e as medidas serão tomadas conforme o regimento Geral da Instituição.

A UniNorte lamenta o ocorrido e ressalta a importância da FMT-HVD como referência em doenças tropicais no país e internacionalmente. A UniNorte mantém parceria com o órgão em programas de estágio, cuja contribuição tem sido inestimável na formação dos seus alunos para o mercado de trabalho.

O O Fórum Amazonas de OSC IST HIV AIDS E HEPATITES VIRAIS e Tuberculose também repudiaram a atitude dos estudantes. “Devido a atitudes como essa que combatemos há mais de 35 anos, e que se perpetuam através daqueles que são os que primeiro deviam nos cuidar, já que o cerne da profissão da enfermagem é o cuidado”, diz um trecho da nota.

(Com informações Portal da Capital AM)

Categorias: BizarroMundo