Ex-presidiário morre em troca de tiros com a polícia no bairro Dom Pedro

Manaus – O ex-presidiário Erick Sodré Ramos, 22, morreu no Pronto-Socorro 28 de Agosto, na manhã desta segunda-feira (20), logo após ter sido baleado durante um confronto com policiais da Força Tática (FT), que ocorreu em uma oficina, no Beco, Dom Henrique, no Dom Pedro, na zona centro-oeste de Manaus. A mãe do rapaz, Ângela Maria de Souza, 50, informou que os policiais chegaram ao local, após uma denúncia de que o filho dela estava armado e era foragido da Justiça.

No Boletim de Ocorrência (BO), registrado no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o soldado Juniel Crespo informou que estava em patrulhamento quando recebeu a denúncia. As informações indicavam que um homem tinha invadido um quarto e estava armado com um revólver calibre 38 e duas pistolas.

O policial afirma que, ao chegar no local, abriu a porta e Erick saiu correndo para tentar fugir. Durante a tentativa de fuga, os policiais tentaram fazer a abordagem do suspeito, que passou a atirar contra a guarnição. A equipe entrou em confronto e durante o tiroteio, o ex-presidiário foi baleado.

De acordo com Ângela, o filho era usuário de drogas e tinha sido preso por tráfico. Ele foi atingido com dois tiros. “Quando eu soube, ele já tinha sido levado ao 28 de Agosto, mas a informação que eu tive é de que ele já chegou morto. Me disseram que ele atirou nos policiais, mas na verdade não sei se ela estava armado”, afirmou ela.

No BO, o soldado não informou se foi ou não encontrado revólver ou pistola com Erick. No entanto, de acordo com a assessoria da Polícia Militar (PM), os policiais apreenderam com o ex-presidiário um revólver calibre 38. O caso vai ser acompanhado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Com informações D24am.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
15 ⁄ 5 =