Falso pastor estelionatário é preso e teria feito ao menos 30 vítimas

Manaus – Na manhã desta terça-feira,31, falso pastor Silviney Vieira Maciel, 42, conhecido como ‘Pastor Ney’foi encaminhado à sede da Delegacia Geral, na Zona Centro-Oeste de Manaus, pelo crime de estelionato. Ele foi preso nessa segunda-feira (30), no bairro Educandos, na Zona Sul da cidade.

Conforme o com o delegado titular do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Raul Augusto, o homem fingia ser pastor para enganar as vítimas, oferecendo terrenos, sendo que os imóveis eram de propriedades particulares.

No ato da prisão, ele estaria negociando mais uma venda de um dos terrenos que planejava comercializar ilegalmente,o suspeito estava na casa de uma das vítimas, um vendedor de 37 anos, onde havia ido receber a quantia de R$ 19 mil, referentes à venda de um terreno.

Ainda de acordo com o delegado, os terrenos que eram negociados pelo falso pastor, ficam localizados em Manaus e no município de Iranduba (a 27 quilômetros da capital). Ao todo, 30 vítimas registraram Boletins de Ocorrências (BOs) contra o homem.

A polícia estima que o homem tenha faturado em torno de R$ 250 mil com os golpes.

O delegado ainda informou que as investigações irão continuar, para identificar os comparsas de Silviney, pois, durante o depoimento, o suspeito falou que praticava o crime a mando de uma pastora identificada apenas como ‘Jucy’.

Silviney Vieira foi autuado por estelionato. Após os procedimentos, será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
8 ⁄ 4 =