Homem ateia fogo na própria residência e uma pessoa morre carbonizada

Manaus – Márcio Pinto Pereira, 39, foi preso em flagrante, na tarde deste domingo (09), após atear fogo na própria casa, na rua Afonso Pena, bairro Praça 14, zona sul, onde, durante o incêndio, uma mulher morreu carbonizada. Segundo informações do tenente Ermuthy Ribeiro, da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o suspeito e a vítima estavam sob efeito de álcool e droga.

De acordo com o tenente, a dupla teve um desentendimento em um bar, no Centro da capital, e foram para a casa de Márcio, que, sob efeito de álcool e drogas, começou outro desentendimento com sua irmã, que já estava no imóvel.

“Depois da briga com a irmã, ele ateou fogo na própria casa e os três conseguiram sair. Mas a vítima (Márcia Parente Vilas Boas, 31) voltou para pegar o celular, que havia esquecido dentro da casa. O fogo se espalhou muito rápido e ela não conseguiu sair, indo a óbito”, informou.

O tenente também disse que o suspeito foi preso em flagrante na frente de casa, observando o combate às chamas.

O Corpo de Bombeiros deslocou três viaturas para a ocorrência. O tenente Márcio Lima, da corporação, afirmou que, ao todo, foram utilizados 25 mil litros de água no combate às chamas. Ele também informou que no local há muito material inflamável, pois na frente da casa funciona uma oficina, e por isso eles ainda vão fazer o trabalho de rescaldo.

O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado ao local e realizou a remoção do corpo da vítima. Márcio Pereira foi levado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para ser flagranteado por homicídio qualificado, e será ouvido pelo delegado de plantão, Fabiano Rosas.

Ele terá uma audiência de custódia, às 14h, desta segunda-feira (10), para definir se vai para o presídio.

Por D24am.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
25 − 23 =