Homem é ‘confundido’ com assassino de motorista de aplicativo e quase é linchado em Manaus

Manaus – O mototaxista Patrick Moreira Franco, 22 anos, foi agredido ao ser confundido com o assassino do motorista de aplicativo de corrida, Higson Cavalcante Ramos, 49. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (06) rua Açaí, no bairro Santa Etelvina, zona Norte da capital.

Espancado por aproximadamente nove pessoas que chegaram em sua residencia armados em três carros. Patrick foi confundido com o autor do assassinato do motorista de aplicativo. “Eu quero justiça, bateram também na minha esposa, na irmã dela que é especial”.

Um policial conta que um dos suspeitos já está preso. “A população não averiguou e bateu muito nele e felizmente, outras pessoas impediram algo pior”, explica. Machucado, o mototaxista foi ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) denunciar o caso.

(Com informações Portal Capital AM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
30 ⁄ 6 =