Após contrair HIV, mulher mata marido e coloca corpo em mala

Rio – Na noite de sexta-feira (26) uma guarnição do Exército Brasileiro prendeu Sílvia Cristina Barcelos da Mota, de 43 anos, acusada de matar o marido e depois ocultar o corpo numa mala. O crime aconteceu na Favela de Antares, na zona oeste da capital fluminense.

A mulher foi presa em flagrante, quando tenta se livrar do corpo na avenida Duque Caixas. Ao ser abordada pelos militares que estranharam o transporte da bagagem, ela acabou confessando que estava tentando se livrar do corpo do seu companheiro Jair Isidório, de 68 anos, segundo a Delegacia de Homicídios da Capital. Após dopar o marido, ela o estrangulou com um fio de televisão e depois colocou o corpo na mala.

A motivação do crime chamou a atenção dos agentes da Delegacia de Homicídios, em depoimento Sílvia afirmou que recentemente descobriu que o marido lhe havia transmitido o vírus HIV, e por isso, resolveu matar o companheiro.

Após os procedimentos cabíveis a mulher foi encaminhada a guarda da Seap (Secretaria de Administração Penitenciária) do Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
21 × 18 =