Alguém peidou tão fedido num avião que eles tiveram que fazer pouso de emergência

Manaus – Um avião que decolava de Dubai, nos Emirados Árabes, com destino a Amsterdam, na Holanda, foi obrigado a realizar um pouso de emergência no percurso da viagem devido a uma confusão que teve início porque um passageiro a bordo não conseguia parar de soltar gases.  O comandante foi obrigado a fazer um pouso forçado em Viena, na Áustria, dois homens e duas mulheres foram expulsos da aeronave e vetados para sempre dos voos da Transavia Airlines. O passageiro com a crise de flatulência permaneceu a bordo.

Dois homens que estavam próximo do passageiro com problemas intestinais no voo reclamaram muito do odor. E solicitaram uma intervenção da tripulação não fez nada a respeito. O que acabou gerando uma briga generalizada dentro do avião, foi então que o comandante fez uma advertência, afirmando que os passageiros estavam pondo o voo em risco, com o barulho excessivo e comportamento agressivo.

Após o pouso de emergência a polícia local foi chamada os envolvidos foram detidas.  Mais liberados logo em seguida, uma vez que não quebraram nenhuma lei austríaca.

Depois do pouso, os dois homens foram detidos, junto com duas mulheres que estavam próximas ao passageiro peidão. Entretanto, elas contaram à polícia que nada tinham a ver com a confusão e que pretendem processar a companhia pelo constrangimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
29 − 17 =