Professor de jiu-jitsu embriagado é preso após atropelar motociclista no Dom Pedro

Manaus – Um professor de jiu-jitsu identificado David Santos de Mendonça, 33 anos, foi preso, em flagrante, durante a madrugada deste sábado (28) após provocar um acidente de trânsito enquanto conduzia um veículo sob efeito de álcool.  A colisão ocorreu por volta da 2h da manhã na rua na rua Martim Afonso de Souza, Dom Pedro, zona Centro-Oeste Martim Afonso de Sousa, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da capital amazonense. Com o impacto da batida a vítima acabou perdendo dois dedos.

De acordo com policiais da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), ao atropelar o motoqueiro durante uma manobra imprudente o professor de jiu-jitsu fugiu do local sem prestar socorro à vítima.

Ainda de acordo com o militares ao notar a presença da policial no local do acidente, David foi até uma academia, onde supostamente estava consumindo álcool com seus amigos, e solicitou que um dos mesmo, assumisse a responsabilidade do acidente pelo simples fato de estar sóbrio.

O professor foi conduzido ao 10º Distrito Integrado de Polícia. Segundo o delegado Ricardo Medrado, plantonista do 10º DIP, no momento da abordagem policial, David Santos chegou a tentar agredir fisicamente os policiais que atenderam a ocorrência. David  foi submetido a teste etílico, que confirmou a ingestão de álcool acima do permitido em lei, caracterizando embriaguez ao volante. Conforme o delegado, o professor foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e lesão corporal de trânsito.

Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco. A vítima foi levada ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, onde passou por cirurgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 − 4 =