José Serra é citado em delações da Odebrecht e da OAS

São Paulo –  O atual ministro das Relações Exteriores, José Serra, é mais um dos políticos citados em delações premiadas da Operação Lava Jato.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Serra é mencionado nas delações que estão sendo negociadas com as empreiteiras Odebrecht e OAS.

Segundo a publicação, as empreiteiras devem revelar casos de propinas em obras públicas nos tempos em que Serra era governador de São Paulo, entre 2007 e 2010.

A empreiteira OAS pode relatar o caso de uma propina negociada (e paga) diretamente entre Léo Pinheiro, sócio e ex-presidente da empreiteira, e uma pessoa muito próxima de Serra, que dizia falar em nome do então governador.

Já em relação a Odebrecht, a obra é a do Rodoanel, a maior obra viária de São Paulo.

Ainda de acordo com a coluna, a Odebrecht estaria comprometida em detalhar a propina paga a Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da empresa que administrava a construção de rodovias no estado.

Em resposta as possíveis delações, José Serra afirma: “Não cometi nenhuma irregularidade, tampouco autorizei terceiros a falar em meu nome”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
20 × 28 =