Lutador Bruno Holanda é preso após ser acusado de espancar a namorada

Manaus – Na tarde desta terça- feira o Lutador Bruno Holanda,34, se entregou a policia apos comparecer a delegacia da mulher.

Bruno Holanda é  suspeito de agredir a namora na ultima sexta-feira ele compareceu nessa terça-feira e compareceu  na delegacia juntamente com seu  advogados, porém já havia um mandado de prisão de prisão preventiva expedido.

Ele está sendo interrogado, contando a versão dele dos fatos, e vai ser recolhido à cadeia pública”, disse a delegada Andrea Nascimento, titular da DECCM.

Segundo a delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) Andréa Nascimento, ele cometeu o crime após descobrir, no celular da vítima, mensagens de outro homem, pelo Whatsapp.

Bruno decidiu utilizar o celular da namorada, quando viu as mensagens e a acordou para perguntar sobre o assunto. Houve as agressões.

Bruno estava desaparecido desde então, familiares e amigos divulgaram as fotos da agressão no facebook para que ele fosse localizado o mais rápido possível.

Entenda o caso

O crime aconteceu na madrugada de sábado (18), no apartamento do lutador, em um condomínio no Parque 10, na Zona Centro-Sul. Segundo a vítima, ela foi dormir após a discussão com o lutador, mas foi acordada por ele apertando o pescoço dela com as mãos e tentando sufocá-la com um travesseiro.

Na tentativa de escapar da agressão, a moça gritou e chamou a atenção da tia e avó de Bruno que estavam na casa. Elas intervieram e conseguiram conter o lutador. De acordo com a denúncia, Bruno só parou o ato após a tia e a avó dele acordarem com o barulho e pedirem para que ele parasse. A tia do suspeito foi quem intercedeu falando para que ele levasse a vítima de volta para sua casa.

Mas durante o trajeto, ele continuou espancando a jovem e ainda a ameaçou de morte caso procurasse a polícia. A vítima ficou com o rosto cheio de hematomas, mesmo assim procurou a DECCM e registrou ocorrência. Durante o dia inteiro Bruno foi procurado, mas não foi encontrado.

A agressão, considerada covarde pelas amigas da vítima, foi parar nas redes sociais. Bruno é faixa preta de luta livre e de acordo com elas, o lutador é acostumado a agredir mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
10 × 26 =