Marido flagra mulher na cama com o chefe dela, filma e pode ser preso

Rio – O americano Sean Donis (à direita), de 37 anos, corre o risco de ser preso após flagrar a mulher, Nancy, de 38, com o amante dela — o chefe da esposa, Albert Lopez. de 58. Sean viu Nancy na cama da casa de Lopez. O traído filmou a cena com o celular. A mulher pediu o divórcio. Lopez decidiu então acusar Sean, alegando que ele invadiu a propriedade. Por causa da filmagem, Sean também foi denunciado pela mulher e pelo amante por “violar a privacidade”. Por isso ele está sendo julgado este mês no tribunal do condado de Rockland, no estado de Nova York (EUA). Se condenado, pode ir para a cadeia com sentença pesada.

A corte concluirá o processo até final de setembro e existe a possibilidade de Sean ser condenado a até 15 anos de detenção. As informações são do jornal New York Post  . O flagra aconteceu em abril de 2016. Sean, que mora no estado de New Jersey, suspeitava, na época, que a mulher estivesse tendo um caso com Lopez, como ele relatou ao New York Post. Sean e Nancy têm um filho de 5 anos. Estavam casados desde 2010.

Numa tarde de abril de 2016, Nancy disse que iria sair com amigas em Elizabeth, em New Jersey. A mulher deixou o filho do casal com Sean. E saiu com o carro dela. O marido notou que o iPad do filho ficara no veículo de Nancy e teve uma ideia para descobrir se ela veria mesmo as amigas.

Ele usou um aplicativo para localizar o iPad que estava com Nancy.

Sean soube então então que a mulher estava nessa casa — o lugar onde mora o chefe dela, Albert Lopez, no condado de Rockland. Nancy trabalhava no departamento de cobrança de Lopez.

O marido foi de carro até lá. Viu o veículo da mulher na frente do imóvel. Resolveu entrar no lugar. A porta da frente estava destrancada, e Sean foi até a sala . Foi então que ele viu a mulher com Lopez. Sean filmou escondido a cena. Ele fez duas gravações. No primeiro vídeo, de sete segundos, as imagens mostram o casal entrando no quarto de Lopez. No segundo vídeo, de 35 segundos, ele vê a mulher na cama com Lopez

E então confrontou a mulher e o amante. Eles negaram o caso, apesar do flagra. “Está tudo filmado aqui”, rebateu Sean, apontando para a câmera do celular.  “Não posso acreditar que você fez isso, Nancy”, indignou-se .”Pare, Sean, pare de filmar!”, berrou Nancy, implorando. Houve uma discussão. Lopez, nervoso, pediu para que Sean saísse da casa. Nancy avisou: “Vou me separar de você”. Sean foi embora, desolado. Em julho de 2016, recebeu uma intimação judicial . “Tinha sido indiciado por entrar na propriedade de Lopez e por violação de privacidade”, contou ele ao New York Post. “Eles também me acusam de roubo, mas não levei nada”.

Sean desabafou ao jornal americano: “Sinto que fui punido duas vezes, no dia em que descobri a traição da minha ex-mulher e por ser denunciado depois de filmá-la com o amante”. Segundo o jornal, Sean se emocionou e chorou durante a entrevista: “É injusto o que estão fazendo comigo” .

Sean se declarou inocente, em agosto último. Ele voltará à corte no próximo dia 20 de setembro para receber a sentença. Howard Greenberg, advogado de Sean, disse que está certo de que o cliente será absolvido.

Informou Hora7 do R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
24 × 5 =