Metalúrgico reage a assalto e é morto por bandido na Zona Norte de Manaus

Manaus – Enquanto aguardava a rota para ir ao trabalho, o metalúrgico Davi Bezerra Santana, de 34 anos, foi assassinado com três tiros, na noite desta quarta-feira (23), por volta de 21h30, na rua Javari, bairro Colônia Terra Nova 2, Zona Norte de Manaus. As informações são do Em Tempo

A polícia investiga o crime como um latrocínio – roubo seguido de morte. A carteira do metalúrgico foi levada pelo criminoso.

Segundo testemunhas, um homem moreno, trajando bermuda, camiseta e chinelo, aproximou-se da vítima que aguardava o transporte que o levaria a uma empresa do Polo Industrial, onde trabalhava. O suspeito atirou no metalúrgico, após ele reagir ao assalto. Antes de fugir, o suposto assaltante ainda verificou se a vítima estaria morta.

“O assassino atirou e depois que o Davi caiu no chão, aproximou-se e olhou para ver se ele estava morto. Saiu andando tranquilamente, após fugiu com outro homem e uma mulher. Ao se juntarem, correram para uma área de invasão”, contou um morador que preferiu não se identificar.

Ainda segundo os moradores do bairro, Davi morava no local com a esposa há quatro anos. Abalados, os vizinhos disseram que a vítima era uma pessoa tranquila e trabalhadora. O ônibus que Davi aguardava chegou momentos depois do crime. Comovidos com a situação, alguns industriários chegaram a descer do veículo para prestar socorro à vítima, mas ele morreu no local.

O celular do metalúrgico foi encontrado, escondido na cintura da vítima. A família não foi localizada para comentar o caso. A Delegacia de Homicídios investiga o crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
15 + 14 =