Mulher liga para amiga enquanto é estuprada e bandido acaba baleado

Rio – Uma jovem de 26 anos levou o estuprador que a violentava à prisão ao conseguir pegar o celular e ligar para uma amiga durante o crime.

O homem, de 27 anos, abordou a vítima quando ela saía da academia na segunda-feira (15/1), em Angra dos Reis (RJ). A moça foi estuprada em um matagal da região. Quando recebeu a ligação, a amiga estranhou as palavras de baixo calão ouvidas ao fundo e decidiu procurar a delegacia.

“Durante o ato sexual, a vítima conseguiu acionar o telefone e botar uma amiga do trabalho para ouvir. Essa amiga ouviu algumas palavras obscenas ditas ao fundo, na voz de um homem. Ela achou estranho e foi à delegacia. Lá, ela narrou o que tinha ouvido no telefone. O pessoal da delegacia viu logo que se tratava de um caso de violência sexual e traçaram a rota que a vítima pegava da academia até em casa”, contou o delegado titular da 166ª DP (Angra dos Reis), Bruno Gilaberte.

Os policiais encontraram a bicicleta da mulher e, poucos metros além, ela e o criminoso que, surpreendido, fez vários disparos de arma de fogo. Nesse momento, a vítima conseguiu escapar. O bandido foi baleado na perna, ainda tentou fugir e se jogou no mar. “Ele mergulhou e os policiais mergulharam atrás dele até que ele se rendeu e foi capturado”, contou o delegado.

O acusado já tinha passagem pelos crimes de furto, injúria, perturbação da tranquilidade e lesão corporal. Ele agora também deve responder por estupro, tentativa de homicídio contra os policiais e porte ilegal de arma. A mulher foi ouvida na delegacia e encaminhada para receber atendimento médico. As informações são do Extra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
30 − 17 =