Mulher que ajudou a planejar morte de maquiador é presa no bairro Armando Mendes

Manaus – Jéssica, fazendo-se passar por uma das muitas clientes do salão Sempre Bella, no Vieiralves, ligou para marcar um tingimento de cabelo diretamente com o cabeleireiro e maquiador João Felipe de Oliveira Martins, 22. A recepcionista não sabia de nada, mas, quando ela chegou, ele confirmou o agendamento e a encaminhou a um colega, já que tingir não era sua especialidade. Instantes depois, o acompanhante de Jéssica correu em direção a João Felipe, atirou e o matou. Nada de ficção. Tudo real. Inclusive o nome da “cliente”.

Jéssica Alves Alho, 24 anos, é o nome verdadeiro da “cliente” que serviu de isca para João Felipe, assassinado no dia 30/08, no Vieiralves. Ela foi presa hoje (09/09), às 14h, no fundo de uma casa, no Armando Mendes, depois de vários dias trocando de endereços para tentar escapar da polícia.

A equipe do delegado Juan Valério, que comanda as investigações da morte do cabeleireiro, chegou a Jéssica praticamente no mesmo dia do assassinato. As câmeras de segurança do salão serviram para identificá-la.

Com informações Portal do Marcos Santos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
18 − 1 =