Mulher sofre estupro coletivo, é degolada e apedrejada no KM 120 da AM-010

Manaus – Uma mulher foi estuprada e parcialmente degolada no ramal do Tumbira, no KM 120 da rodovia (AM-010), que liga Manaus a Rio Preto da Eva, nesta segunda-feira (19). Jomara de Souza Gomes, natural de Coari,  foi morta durante a madrugada de domingo (18) e a polícia investiga se ela foi vítima de um estupro coletivo. Conforme informações preliminares, Jomara foi vista pela última vez em um bar, tomando cerveja com as amigas. Quatro homens são investigados suspeitos de cometer o crime.

O corpo foi encontrado em um ramal, no KM 120 da rodovia (AM-010). No local, estava um preservativo usado e com sêmen. O material será periciado para facilitar a localização do autor. Jomara também estava nua e tinha várias hematomas causadas por uma pedra e diversas perfurações na região do tórax e pescoço.

Corpo de Jomara foi encontrado no ramal do Tumbira com sinais de violência sexual e quase degolado; Foto: divulgação

Policiais militares, prenderam dois homens, que dirigiram um Celta verde, onde a vítima teria sido vista pela última vez, outros envolvidos no estupro coletivo que terminou em assassinato ainda não foram localizados.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
32 ⁄ 16 =