No AM, 10 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial

Manaus – Restando 26 dias para o fim do prazo do saque do abono salarial do ano-base 2014, 9,2 mil trabalhadores do Amazonas ainda não retiraram seu benefício, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O abono salarial ano-base 2014, benefício no valor de um salário mínimo (R$ 880), é pago a quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2014 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Juntos, 9,2 mil empregados no Amazonas têm R$ 3,73 milhões a receber, de acordo com o Ministério do Trabalho.

Os trabalhadores têm 27 dias para procurar uma agência bancária e retirar o benefício, já que o prazo final é 30 de dezembro. Depois dessa data, o recurso volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício pelo site trabalho.gov.br/abono-salarial, inserindo CPF ou número do PIS/Pasep e data de nascimento. A Central de Atendimento Alô Trabalho, do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep.

Se, mesmo depois de verificar que tem direito ao abono, o trabalhador for informado na rede bancária que não tem direito ao benefício, a recomendação é pedir nova consulta ao atendente a partir do CPF e solicitar atualização dos dados cadastrais.

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir cartão cidadão e senha cadastrada  pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa, ou a uma casa lotérica. Se não tiver o cartão cidadão, pode receber o abono em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07, da Caixa.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Em todo o País, mais de 928 mil pessoas ainda não sacaram o abono salarial, do ano-base 2014. A maior parte dos trabalhadores que ainda não sacaram o abono de 2014 está nas regiões Sudeste e Sul do Brasil, sendo que quase um terço é do Estado de São Paulo (354,19 mil). Em seguida, vêm os Estados do Rio de Janeiro (83,98 mil), Rio Grande do Sul (70,28 mil), Santa Catarina (61,57 mil) e Minas Gerais (59,83 mil). O Amazonas aparece na lista com 9,2 mil trabalhadores que ainda não sacaram o abono.

Com informações D4am.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
24 × 9 =