Pai de sobrevivente do massacre em Suzano é assassinado durante assalto

São Paulo – A polícia prendeu nesta quarta-feira (20) três homens acusados de matar um segurança do Shopping Metrô Itaquera, na Zona Leste de São Paulo. O crime ocorreu na sexta-feira (15). As informações são da VEJA São Paulo.

Maurício Martins dos Santos, de 38 anos, foi baleado pelos bandidos enquanto tentavam assaltar o centro de compras. Segundo o boletim de ocorrência, a arma usada pelos assaltantes pertencia a Santos. Os rapazes roubaram o revólver do profissional e dispararam contra ele no estacionamento.

De acordo com o portal G1, Santos é pai de uma aluna que sobreviveu ao massacre na escola Raul Brasil, ocorrido na quarta (13) em Suzano, na Grande São Paulo. No momento do crime, o segurança estaria de saída para levar a filha ao psicólogo. A polícia informou que Santos chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

A Secretaria de Segurança Pública confirmou a prisão temporária de Gustavo Santos da Silva, Marcos Henrique Nakamura e Wesley Queiroz. O caso está sendo investigado pelo 65º DP, em Arthur Alvim, também na Zona Leste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
46 ⁄ 23 =