Parada de ônibus no valor R$ 200 mil chama atenção da população em Manaus

Manaus – Em meio a crise financeira que atingiu o Brasil nos últimos anos, muitos municípios têm se esforçado para recompor sua economia com diversas contenções de despesas. No entanto, a Prefeitura de Manaus consegue ir na contramão dessa regra ao fechar um contrato de R$ 207.289, 69 com a WM Construções e Serviços de Manutenção.

Trata-se de uma construção de uma parada de ônibus, localizada no Parque Cultural de Esporte e Lazer no bairro Ponta Negra. Porém, o alto valor da obra contratada pela Prefeitura de Manaus e a WM Construções tem chamado a atenção da população

Apesar de se apresentar como uma empresa “de referência em prestação de serviços no âmbito da construção civil”, a WM consta como réu no processo de número: 0001604-03.2016.5.11.0002 no Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT-11).

Foto reprodução: Diário Oficial Manaus

De acordo com publicação no Diário Oficial do Município de 21 de maio, a WM conseguiu ser classifica em primeiro lugar na disputa licitação tomada de preços realizada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbanos (IMPLURB).  

De acordo com publicação no Diário Oficial do Município de 21 de maio, a WM conseguiu se classificar em primeiro lugar na disputa licitação tomada de preços realizada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbanos (IMPLURB).  

O responsável pela WM, Waldy da Costa Valério Júnior, confirmou que o valor da obra chama atenção se comparada com outras construções de pontos de ônibus já construídas em Manaus, mas negou qualquer irregularidade do contrato.

De acordo com o responsável pela empresa, o contrato firmado com a gestão municipal prevê a qualidade na execução do serviço.

Em 2015, o Ministério Público Estadual do Amazonas (MPE-AM) investigou denúncias de superfaturamento em uma licitação da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) na construção de 200 paradas de ônibus, com um investimento de R$ 5,3 milhões. No entanto, dois anos após a liberação do recurso, apenas 72 construções foram entregues.

IMPLURB

Questionada pelo Expresso AM, o Instituto Municipal de Planejamento Urbanos (IMPLURB) reafirmou o valor do contrato firmado e esclareceu que “a empresa participou de Pregão Eletrônico conforme prevê a legislação”, explicou em not

O responsável pela WM, Waldy da Costa Valério Júnior, confirmou que o valor da obra chama atenção se comparada com outras construções de pontos de ônibus já construídas em Manaus, mas negou qualquer irregularidade do contrato.

De acordo com o responsável pela empresa, o contrato firmado com a gestão municipal prevê a qualidade na execução do serviço.

Em 2015, o Ministério Público Estadual do Amazonas (MPE-AM) investigou denúncias de superfaturamento em uma licitação da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) na construção de 200 paradas de ônibus, com um investimento de R$ 5,3 milhões. No entanto, dois anos após a liberação do recurso, apenas 72 construções foram entregues.

IMPLURB

Questionada pelo Expresso AM, o Instituto Municipal de Planejamento Urbanos (IMPLURB) reafirmou o valor do contrato firmado e esclareceu que a empresa participou de Pregão Eletrônico conforme prevê a legislação”, explicou em nota.
 

Um comentário em “Parada de ônibus no valor R$ 200 mil chama atenção da população em Manaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
20 × 16 =