Polícia Federal resgata brasileira que era estuprada e mantida em cárcere na Guiana Inglesa

Manaus – A Polícia Federal divulgou comunicado oficial na última sexta-feira (31/8) informando sobre a operação de resgate de uma brasileira que estava sendo estuprada e mantida em cárcere privado na Guiana Francesa há pelo menos dois meses.

A operação foi realizada em conjunto como o Ministério da Proteção Social guianês que informou na última segunda-feira (27) ter recebido a denúncia que uma mulher, de 18 anos, estava sendo vítima de abusos sexuais, psicológicos e físico  em Georgetown, capital do país, a 677 km de Boa Vista (RR).

“A vítima foi resgata do cativeiro pelo agentes da Polícia Federal   e posteriormente foi trazida ao Brasil, pela fronteira terrestre no município de Bonfim”, completou a PF. O responsável pelo crime foi preso e encaminhado as autoridades competentes.

Em depoimento PF, à vítima informou ter conhecido o homem através de uma amiga com uma promessa de trabalho no entanto ao chegar a Guiana, ela acabou sendo presa e mantida como escrava sexual.  Ainda segundo o órgão, a jovem roraimense já está em casa. Uma força-tarefa foi montada para investigar o caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
10 + 12 =