Por ciúmes, traficante manda matar adolescente que tirou fotos com o seu namorado

Manaus – Acusada de comandar um grupo de traficantes no bairro Cidade de Deus, Líbian Fabrinne Baraúna Veras, 26 anos conhecida como “Mana”, foi presa na tarde da última quinta-feira (21), apontada como mandante do assassinato da adolescente Mirelle dos Santos Carvalho, 17 anos encontrada no dia 31 de julho com o corpo carbonizado próximo a um barranco na comunidade Fazendinha.

Segundo informações repassadas pelo delegado Torquato Mozer, adjunto da DEHS, o assassinato da jovem foi motivado por ciúmes, tendo em vista que Libian controlava uma boca de fumo e não gostava que mulheres mais bonitas que ela frequentassem a área próxima  do local “Ela queria ser a “rainha” da boca e ao ver uma amiga do namorado postar uma foto no Facebook  com os funcionários da boca resolveu planejar a morte da adolescente”, disse.

Líbian chamou dois comparsas que fora identificados como  Adriano e Fernando  que receberam a missão de executar a adolescente. Antes de ser morta a jovem foi torturada,  esfolada e esfaqueada, após o homicídio, os criminosos  ainda tentaram enterrar a adolescente como chovia bastante no local. Eles resolveram então queimar Mirelle e jogá-la no barranco.

Adolescente foi esfolada viva antes de ser morta

Líbian Fabrinne já tem passagem por tráfico de drogas e irá responder por homicídio qualificado. Ela foi encaminha ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde deve aguarda o julgamento . Na época do assassinato a dupla que executou a adolescente se entregou espontaneamente no 13 Distrito Integrado de Polícia (DIP ) como não se encontravam mais em flagrante foram autuados e liberados. Adriano e Fernando seguem foragidos da justiça.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
22 ⁄ 11 =