Presidiário esconde celular no ânus durante revista em cela, mas aparelho acaba tocando

Manaus – Um caso bizarro aconteceu durante uma revista de rotina em um presidio no Sri Lanka. Um detendo teve a ideia inusitada de esconder um aparelho celular no seu orifício anal, com medo de ser flagrado pelos agentes. Porém ele acabou sendo descoberto após o aparelho celular começar a tocar, o que de certo modo chamou a atenção dos agentes.

Segundo informações da agência AFP, o presidiário, de 58 anos, foi encaminhado a um hospital de Colombo, capital do país asiático, onde os médicos fizeram o procedimento de retirar do objeto.

Após dois dias internados, o detento foi transferido de volta para o presidio, onde deve cumprir pena de 10 anos por roubo majorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
3 + 28 =