Quadrilha que matou pesquisador do Inpa durante assalto é presa

Manaus – Três homens e um adolescente, de 17 anos foram presos nessa sexta-feira (19) acusados de envolvimento na morte do biólogo do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Jabson Franco da Costa que foi morto com um tiro no peito durante uma tentativa de assalto em uma para de ônibus, na avenida André Araújo, bairro Aleixo. Segundo a Polícia Civil, o quarteto também é responsável pela autoria do assalto onde um estudante de Universidade do Estado do Amazonas (UEA) foi alvejada com três tiros em uma parada de ônibus localiza na avenida Darcy Vargas, no dia 10 de outubro.

Equipe da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (DERFD) monitoravam a região e prenderam o grupo quando ele saia para cometer outro assalto. Os homens foram presos no bairro Coroado, na Zona Leste de Manaus. A polícia acredita que a quadrilha tem mais dois integrantes, um que já foi preso em setembro, identificado como Mateus Mutino Moraes, 21, apontado como o autor do disparo que vitimou Jabson e mais um criminoso que já foi identificado e deve ser preso a nas próximas horas, também apontado como autor dos três disparos que quase levou a óbito o estudante da UEA.

Foto: Erlon Rodrigues/ Ascom Polícia Civil

Os criminosos foram identificados como Thiago Rodrigues Soares, 23 anos; Leonardo Gabriel Pedrosa, de 19 anos; e o menor de 17 anos. Para polícia o grupo criminoso era extremamente organizado e especializados em assaltos a paradas de ônibus, principalmente no entorno do conjunto Vieralves.

O trio foi atuado em flagrante por corrupção de menores e associação criminosa. Eles serão encaminhados para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch Reis. O adolescente vai responder por ato infracional e o caso dele foi transferido para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
56 ⁄ 28 =