Sem receber há 3 meses funcionários da Nilton Lins ameaçam greve

Manaus – Uma das maiores instituições privadas de ensino superior do Amazonas, a Universidade Nilton Lins ainda não pagou o salário dos funcionários. Os vencimentos sempre são quitados no quinto dia útil, que neste mês foi no dia 7 de novembro.

De acordo com denúncias recebidas, os salários não são pagos há 3 meses, assim como direitos como FGTS, salário-férias e décimo terceiro. “Não temos mais recursos sequer para nos deslocarmos ao trabalho, contas atrasadas, cobradores batendo na porta, está uma situação humilhante para todos nós.

Alguns funcionários dizem que este atraso no pagamento vai gerar uma série de transtornos financeiros. “Eu tenho uma hipoteca para ser reembolsada e esse montante é deduzido automaticamente. Agora se o salário não foi pago, eu vou ficar em uma situação difícil ” afirmou um dos funcionários da universidade.

E o pior de tudo é presenciar nas redes sociais da família Lins as festas luxuosas, os caprichos cinematográficos, enquanto nós não estamos conseguindo nem manter nossa dignidade como trabalhadores. Ali parece uma terra que não tem lei”, afirma funcionário que trabalha na instituição há mais de 5 anos e que relata que a situação se repete constantemente.

Confira o depoimento de uma aluna no Instagram.

15310317_10211367246035502_589767294_n-1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
22 − 3 =