Sítio de Lula é reformado para eventual prisão domiciliar do ex-presidente

São Paulo –  A Prefeitura de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, administrada pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) autorizou na semana passada o início das obras no sítio de propriedade da família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que estaria sendo preparado para uma eventual prisão domiciliar.

Nessa semana o STJ vai analisar o pedido para anular a condenação no triplex, segundo a defesa o processo deveria ter tramitado na Justiça Eleitoral. Caso o processo seja anulado o presidente poderia cumprir o restante da pena no caso do sítio de Atibaia, em regime domiciliar.  

 A estádia do ex-presidente petista na carceragem da Policia Federal em Curitiba custa em média ao contribuinte R$3,40 milhões desde de sua prisão em 7 de abril no caso do triplex do Guarujá. Segundo o Ministério da Justiça, a presença de Lula exige o reforço de agentes extras e sistema de segurança de última geração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
8 − 1 =