Sósia de Messi é investigado após se passar por craque e seduzir 23 mulheres

Rio – Aos 26 anos, o iraniano Reza Parastesh está com problemas. Vinte e três, para ser mais exato. Esse é o número de mulheres que o denunciaram alegando que o sósia do craque argentino Lionel Messi, com mais de 700 mil seguidores no Instagram, teria se passado pelo jogador apenas para conseguir ter relações sexuais com elas.

O escândalo veio à tona após matéria do jornal espanhol Marca e também em denúncias nas redes sociais. A história de Parastesh e Messi começou há alguns anos, quando o pai do iraniano notou a semelhança e pediu que ele postasse uma foto na internet com a camisa do Barcelona. Deu certo e em pouco tempo o iraniano se tornou celebridade na internet. Para ficar ainda mais parecido com o camisa 10 culé, Parastesh adotou o mesmo estilo de cabelo e barba.

“A gente sabe que, se algo de fato aconteceu, isso levaria a algumas alegações e eu seria processado. Isso seria um desastre internacional e, se fosse verdade, eu estaria na cadeia neste momento. Farei de tudo para me defender e ter certeza que meu nome fique limpo de novo”, garantiu.

Não é a primeira vez que Parastesh se envolve em problemas. Em 2017, em mais uma situação no mínimo inusitada, o iraniano teve o carro apreendido por atrapalhar o tráfego na cidade de Hameden. Isso porque uma grande aglomeração se formou para que os populares tirassem uma foto com Lionel Messi que, na verdade…era Reza Parastesh.

(Com informações Metrópoles)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
16 − 7 =