Tropical Hotel encerra atividades em Manaus e deve demitir 80% dos funcionários

Manaus – Em decorrência de problemas de débitos com contas de energia que ultrapassam o montante de R$ 500 mil mensal, o Tropical Hotel Manaus, localizado na Zona Oeste da capital amazonense, deve fechar as portas para uma restruturação segundo informações do assessor de imprensa do resort de luxo, Paulo Roberto.

No último sábado (11), a Amazonas Energia cortou o fornecimento de energia elétrica do Tropical Hotel e removeu toda a estrutura que interligava à rede de distribuição de energia do complexo hoteleiro.

Segundo a concessionária de distribuição de energia, o Hotel tem uma dívida há mais de 20 anos que gira em torno de R$ 20 milhões, mas que devido a negociações foi dado um desconto de R$ 8 milhões para quitação referente ao débito, mas o acordo não foi cumprido.

De acordo com a assessoria de comunicação do Tropical, o fechamento é para garantir uma nova estrutura de matriz energética autossustentável para o empreendimento hoteleiro. E por conta dessa reengenharia, parte dos funcionários do hotel devem ser dispensados nos próximos dias.

De acordo com o presidente do SindHotel-AM, Gerson Almeida, a decisão da Amazonas Energia de remover a energia do Tropical Hotel sem um diálogo é radical demais. Ainda segundo ele, a entidade está preocupada como a possível demissão de 300 funcionários do complexo hoteleiro.  “A empresa manifestou interesse em fazer as homologações, pagando todos os direitos dos trabalhadores. O ideal era que não fechasse as portas, pois é um patrimônio da nossa região “, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
10 × 26 =