Zé de Abreu é condenado a indenizar hospital que tratou Bolsonaro; fãs criam “vaquinha” para custear pagamento

Brasília – O ator José de Abreu foi condenado pela justiça a pagar R$ 20.000 em danos morais ao Hospital Israelita Albert Einstein. O motivo foi uma publicação feita pelo ator em sua conta do Twitter, em que dizia que a facada recebida pelo atual presidente  da República,  Jair Bolsonaro (PSL), foi  “forjada com o apoio” do hospital onde o ainda candidato à presidência ficou internado.

O Hospital Israelita Albert Einstein havia requerido o valor de 100.000 reais, por considerar que a publicação do ator afetou a reputação da instituição e ofendeu a comunidade judaica e evangélica. Uma vaquinha virtual foi criada por fãs e amigos com o objetivo de ajudar o ator a pagar a indenização (confira abaixo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
23 − 9 =